Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

domingo, 25 de novembro de 2007

Tortilha "Limpa frigoríficos"

(esta receita foi inspirada numa tortilha vegetariana que recentemente aprendi num dos cursos da Vaqueiro que fiz...)

Tinha ovos, tinha alho francês, tinha cenoura, tinha fiambre, tinha salsa e tinha...muita pressa!
Então, numa sertã anti-aderente coloquei um fio de azeite e deixei o alho francês cortadinho até amolecer. Juntei a cenoura ralada, fiambre às tirinhas e algumas batatas fritas caseiras da vespera (não gosto de deitar nada fora, é crime para o mundo! Fico à espera de inspiração...). Deitei 4 ovos batidos, com pouco sal (o fiambre já tem e as batatas também...)e salsa picadinha. Deitei por cima da mistura de legumes, e deixei em lume brando, tapado, para coagular e ser mais rápido. Virei ao contrário com a ajuda de um testo de diâmetro semelhante ao da sertã. E zás! Deixei cair suavemente para a sertã outra vez. Tapei por mais 5 minutos.
Quando cozinho com ovos, tenho sempre o cuidado de tapar o recipiente, a salmonella elimina-se a 70ºC, para que esta temperatura atinja o interior do alimento mais depressa, tapo a sertã e deixo assim 3-5 minutos, de cada lado. É suficiente. Assim, consigo uma tortilha húmida e com segurança!
O resultado? Um prato bonito e todos satisfeitos. Boa?

Dica 1: sempre que se partem ovos, deve ter-se o cuidado de partir para uma tacinha à parte e só depois incorporar na mistura final. Se sai um estragado, todo o resto não fica comprometido!

Dica 2: para avaliar a frescura dos ovos que vamos cozinhar, nada mais fácil de que colocar dentro de um recipiente com água. Só os que ficarem no fundo devem ser aproveitados! À medida que envelhece, o ovo vai perdendo humidade que compensa pela absorção de ar. Por isso, bóia.

Dica 3: os ovos devem sempre ser guardados no interior do frigorífico e não na porta (salvo se tiver tampa) porque não devem ser expostos a variações de temperatura mais sentidas nesta zona! Gotículas de condensação que facilmente se formam na casca podem ser um potencial veículo das bactérias. Esta é a fundamental regra porque os ovos, alvo de forte impacto alimentar, nunca são refrigerados nas zonas comerciais! Boa?

Moral da história: devem sempre ser bem frescos, devem sofrer a menor variação possível de temperatura e serem bem cozinhados.



Ler também:






Siga BabySol® nas Redes Sociais:



Email



Receba as actualizações do Portal BabySOL®:




Introduza o seu email:


3 comentários:

  1. Acho optimo teres criado este prjecto, tem dicas super uteis, tive pena de perder a palestra do Ániversário do Forum, mas hão-de haver outras oportunidades.

    Beijinhos e continuação de excelente projecto.

    ResponderEliminar
  2. muito bem mamã Solangi. Fizeste um excelente trabalho.
    Adorei o teu Blog. Vou passar a visitar-te muitas vezes.
    Bjs
    http://omeudocinhodemel.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Obrigada!
    Fico sempre contente pelos vossos comentários e... sugestões!
    Bjs e fiquem por perto!

    Solange

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!