Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Rissois de Peixe

Aproxima-se a época natalícia, altura para comprar bacalhau e pensar como se vão aproveitar as partes mais finas...Deixo pois aqui uma receita de rissóis, uma forma disfarçada de dar peixe aos filhotes...
1 - Começar por cozer o peixe, ideal será que seja fresco, muito fresco porque é melhor para congelar depois os rissois. Importante mesmo é escolher um bom peixe: pescada, dourada, marmota, bacalhau! Amanhar, cozer em água com sal, um ramo de salsa e um dente de alho esmagado e partido em quatro;
2 - Preparar entretanto a massa: 2 medidas de água,uma pitada de sal, uma colher sopa de manteiga e uma casquinha de limão... Levar ao lume até ferver. Entretanto medir à parte 2 medidas iguais de farinha de trigo. Quando ferver, reduzir o lume e juntar a farinha toda de uma vez. Mexer bem até descolar do fundo. Tirar do lume, colocar a bola em cima de uma superfície enfarinhada, dar duas mexidelas (cuidado!) e deixar arrefecer.
3 - Entretanto, preparar o creme: picar muito fininha uma cebola, juntar cerca 100g margarina, levar ao lume até ficar translúcida...juntar depois cerca de 150 g farinha, mexer bem com o lume brando até a farinha ficar castanha...juntar então devagarinho água coada de cozer o peixe, pouco a pouco mexendo bem para não formar grumos. Juntando água, mexendo, juntando água, mexendo, sempre em lume brando...até obter um creme grosso. Ajustar a textura do creme com um pouco de leite, contando que deve ficar um pouco espesso. Acrescentar salsa bem picadinha e o peixinho bem esfiado, muito cuidado com as espinhas... Deixar arrefecer um bocadinho antes de tender os rissóis.
4 - Depois trabalhar a massa, sempre em superfície enfarinhada, tendo o cuidado de a massa não ficar com uma espessura muito grossa, em que os rissóis ficam muito massudos, nem muito fina pois acabam por rebentar ao fritar. Esta fase é ideal para a pequenada ajudar!
5 - Passar por ovo batido e pão ralado e fritar em oleo quente. Deve ter-se o cuidado de fritar poucos de cada vez para evitar que o oleo arrefeça (o que faz com que absorvam mais gordura...). Estão prontos! Acompanhar com legumes cozidos.
O sucesso é garantido!

Dra. Solange Burri
Consultora em Alimentação

Leia também:

Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


4 comentários:

  1. Os rissóis cá em casa fazem-se no forno. É uma questão de hábito, e claro muito mais saudável, pois os fritos fazem-me mesmo mal.

    ResponderEliminar
  2. Hum... nham nham...

    Um dia destes vou experimentar...

    Beijitos

    ResponderEliminar
  3. Sim, a Sandra tem razão.
    E nunca se esqueçam os oleos devem ser renovados muito amiúde, o que depende dos alimentos que fritou. Ideal mesmo é evitar usá-lo, mas a fazê-lo, faz~e-lo correctamente...combinado?
    Bjs
    Solange

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!