Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Sopa com refogado...sim ou não?


Tenho visto algumas receitas de sopa que começam com um pequeno refogado com azeite, cebola e um pouco de água. Segundo o que me disseram o azeite deve ser posto no fim para não ser sujeito a temperaturas muito altas que destroem as suas boas propriedades e o transformam numa vulgar gordura. Se fizer o refogado não estou a contrariar esta indicação? E já agora, porquê a água?(Mamã Ana, filhote 4 meses)

Este é um dos assuntos que merece ser abordado, sobretudo porque se trata aqui de encontrar um equilibrio na alimentação do bebé que promova a apetência por alimentos tão saudáveis....como a sopa!
1 - Se a criança não come sopa sem ser com refogado então há que tentar com refogado, embora seja uma técnica culinária menos saudável porque diminue as excelentes propriedades características do azeite. É importante que adicione azeite apenas uma única vez na sopa, ou antes ou depois. E nunca deixe a cebola cozinhar de mais, apenas até ficar translúcida. Deve, contudo, reduzir esta técnica culinária, na sopa, e convencer o filhote com sabores individualizados ao longo da semana...
2 - É verdade que grande parte de nós comemos esta sopa e crescemos saudáveis. Mas temos que pensar que os tempos são outros, as ameças ambientais para os nossos filhotes são mais fortes (perigos químicos, microbiológicos, alimentação diferente...), por isso, na minha opinião devemos TENTAR de tudo para que aquilo que consomem sejam o mais saudável possível. É obvio que quanto mais pequeno é o filhote, mais importante é esta situação, por isso é preciso ter em conta a idade dos filhotes na hora de analisar a diferente opinião das mãmãs...
3 - Por último, e mais importante de tudo é que saiba que o azeite é um excelente "lubrificante" dos intestinos prevenindo casos de obstipação, e melhor ainda, é rico em vitamina D que ajuda a fixar o calcio e vitamina E, com efeito anti-oxidante, que ajuda à eficiência da renovação celular.
Por isso, vale a pena tirar o máximo partido deste alimento tão rico na gastronomia Portuguesa.
Por último alerto ainda, que não é necessário comprar o azeite para bébé que é apenas uma estratégia de marketing, se quiserem optar pela minha sugestão usem azeite crú, com acidez inferior a 0,5º.
Consultora em Alimentação

Leia também estes artigos:

Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


6 comentários:

  1. Parabéns por mais um excelente artigo! A minha bebé já é mais velha (1 ano) e estou a pensar introduzir-lhe os refogados no segundo prato (até agora o segundo prato tem sido sempre cozido, ainda que com temperos diversos). Há alguma vantagem em colocar a água no início do refogado? Fica mais saudável?

    Obrigada, Ana

    ResponderEliminar
  2. Olá Ana

    Sim, adicionar a água assim que a cebola fica translúcida, torna de facto mais saudável o cozinhado, porque impede que a cebola escureça. Deste modo, não se formam compostos tóxicos pelo escurecimento dos alimentos (formação de acrilamida), muito comum nos grelhados, e que se sabe hoje que tem efeitos nefastos no organismo.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto!

    Solange

    ResponderEliminar
  3. é errado refogar a carne no azeite e só depois acrescentar a agua e legumes? estou perdida...me ajude

    ResponderEliminar
  4. Ola
    Pode refogar a carne no azeite sim. Mas, de preferencia, deve cozer a carne a parte e so depois refogar. Deste modo o azeite nao se altera tanto e retira dai maiores vantagens nutricionais.
    Se cozer uma grande quantidade de carne, separe com o caldo em pequenos recipientes e congele. Deste modo tem sempre porçoes de carne cozida e sera mais facil fazer a sopa com refogado.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto,

    Solange Burri

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pelo blog que me tem ajudado muito na alimentação dos meus pequenos. Sobretudo a evitar alguns erros! Tenho agora mais uma bebé e estou outra vez na fase das primeiras sopinhas. Gostaria de saber se posso utilizar, desde já (uma vez que está a responder a uma mãe de menina mais crescida) esta técnica de cozer carne em quantidade, separar com caldo e congelar? Depois nas sopas (que faço diariamente) juntava apenas a carne já tratada. A minha dúvida é: como adicionar, deixar descongelar e adicionar depois ou adicionar congelada e deixar descongelar ao cozer os legumes?? Muito obrigada.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá :) o ideal seria separar porções individuais de carne, na quantidade justa para 1 sopa. Quando fizer, ou aquecer, a sopa juntar a carne ainda congelada. Deixar ferver bem. Deixar arrefecer um pouco antes de oferecer ao bebé. Se sobrar, não guardar mas rejeitar.

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!