Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

domingo, 27 de janeiro de 2008

Boiões para Bebé: posso dar na viagem?

Vou ao Egipto no próximo mês e o meu pimpolho terá 11 meses, logo resolvi levar a comida dele toda em boiões para 8 dias, tenho medo de lhe dar qualquer coisa preparada no Egipto, a única coisa que poderá comer é fruta se encontrar em bom estado. O plano alimentar dele será:

Pequeno Almoço: Leite
Almoço: Cerelac abobora trigo ou iogurte com fruta (compotas bledina 100% fruta) e bolacha ou um boião de legumes com carne + fruta boião
Lanche: Papas lacteas
Jantar: Boião de legumes + peixe
Ceia: Leite
Estou a pensar que no dia em que ele comer boião de legumes com peixe ou carne para o almoço, já não lhe dar para o jantar, ou vice versa, só comer 1 boião de legumes por dia, tenho medo que seja demais porque esses boiões têm sal, de resto os ingredientes até são bons, não têm quimicos, nem açúcar, apenas legumes, carne, azeite e sal (infelizmente). A fruta também levo 2 boiões para cada dia, escolhi fruta da bledina em que os ingredientes são apenas a fruta e vitaminas, nada de açucar, nem de reguladores de acidez, mesmo só fruta, penso que também não há de fazer mal.
Levo água mineral para preparar as papas dele, acha que se eu ferver àgua do Egipto durante 5 minutos ela fica mesmo esterelizada?
Olá! Apesar de eu perceber que pretendes proteger o teu filhote contra as grandes probabilidades de contrair gastroenterites nesse país, eu penso o seguinte: o plano alimentar apresenta pouca fiabilidade pois pode:
1 - O filhote não se adaptar face à mudança de ambiente;
2 - O filhote pode cansar-se da alimentação pouco caseira dada consecutivamente;
3 - Pior que tudo, o filhote pode não querer retomar a alimentação caseira no regresso...
Por isso, e apesar de aceitar que em alguns casos, a alimentação de boião em algumas variedades é bastante boa,mas muito pontualmente!, eu acho que te deviar organizar no sentido de levares sopas, comida e fruta cozida, tudo bem congelado e transportares assim, em mala térmica e com termoacumuladores. Podes pedir no hotel que te guardem a comida do filhote e, aí sim, alternas com as possibilidades de boião.No que diz respeito à água, aconselho-te a só usar mineral, compra lá, que deves ferver 5 minutos. Não usar água da torneira NUNCA!
Aproveito a dúvida da água para lembrar que muitos adultos se queixam frequentemente com diarreia que, muitas vezes, está associada ao consumo de bebidas espirituosas que levam água no estado sólido: GELO!!!!! Cuidado com o gelo que quase é feito com água da torneira, cuidado com um sumo que tenha tido gelo e que depois de derretido dês à criança!!! Gelo e água da torneira não! Queria ainda aconselhar a levares uma pequena farmácia para os casos mais inesperados de diarreia e febre. Aconselha-te com o pediatra.

Consultora em Alimentação

Leia também:
Plano alimentar 4/6 meses
Plano alimentar 6/8 meses
Plano alimentar 8/12 meses
Plano alimentar 12 meses em diante


Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


4 comentários:

  1. Olá.
    A viagem correu muito bem, melhor do que esperava, o pimpolho comeu TUDO, as sopas em boioes e as frutas também, lá no egipto dormiu muito bem e em qualquer sitio no seu carrinho. Lá no egipto o meu filhote foi mais adorado do que qualquer Deus. Ao chegar a lisboa ficou com muita febre, assustada levei-o ao hospital e ao dizer que tive no egipto fizeram-lhe analises pa despiste de alguma doença, ele estava bem, sem doenças, suposeram que era algo viral, foi medicado para a febre, mais tarde vi que tinha um dentinho a rasgar, e ficou explicado o porquê da febre. Desde este dia o apetite dele diminuiu, e rejeita a comida com muito gosto a peixe.
    De regresso a casa voltei as sopinhas caseiras feitas por mim e sem sal e ele come lindamente, como antes.
    Como disse a Solange isto foi uma excepção à regra, o meu filho foi um autentico anjo.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelo teu comentário.
    Pois...não tenho palavras...ainda bem que correu tudo pelo melhor! Os miúdos são mesmo uma "caixinha de surpresas!...!

    Bjs

    solange

    ResponderEliminar
  3. Olá, o meu pimpolho também vai fazer a sua 1ª viagem em Agosto, terá 8 meses, vamos num cruzeiro ao mediterrâneo. Agradecia umas dicas tuas, quais foram as marcas de boiões que compraste, quais achas que são as melhores, com menos sal e isso. Obrigado pela dica. Beijos

    ResponderEliminar
  4. Olá
    De um modo geral, as marcas existentes no mercado são muito boas e com um excelente controlo de qualidade, face às elevadas exigências dos mais pequenos.
    Desse modo, sugiro-lhe que compre variedades de diferentes marcas e que estejam de acordo com as preferências dos rebentos...
    É que, uma viagem, altera sempre a sua disposição e se não estão minimamente familiarizados com este tipo de alimentação pode ser o caos...
    Bjs e boa viagem! Importante mesmo é ficar calma e segura de si e transmitir isso SEMPRE ao bébé.
    Solange

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!