Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Esterilização de acessórios - Método 1 (Fervura)

Desde o momento do nascimento e porque o Bebé é, nesta etapa, muito susceptível de contrair uma infeccção, é importante esterilizar muito frequentemente os biberões, tetinas e chupetas se for caso disso. Fundamental não esquecer também acessórios de bomba de extração de leite e recipientes para o seu armazenamento.

Este procedimento deve ser inteiramente respeitado, essencialmente até aos 6 meses (salvo casos de bébés prematuros ou hipersensíveis), altura em que é favorável principiar o estímulo do seu sistema imunológico face ás agressões microbiológicas constantes.


Existem essencialmente 4 tipos de esterilização, sendo que cada um deles irá ser abordado separadamente:

Antes da realização de qualquer uma destas possibilidades é importante garantir uma lavagem eficaz dos biberões e tetinas com água quente e detergente neutro que deverá ser impecavelmente removido.

Fervura
Método barato e acessível. Tem o inconveniente de ser facilmente desrespeitado pelo incumprimento exagerado dos tempos exigidos. As tetinas e chupetas não devem ser fervidos mais de 3 minutos para não ficarem pegajosos e porosos, causando o envelhecimento prematuro. Os biberões necessitam de 10 minutos de esterilização.
É necessário garantir alguns aspectos:
- A água deve estar a ferver antes de colocar os acessórios a esterilizar;
- Garantir que todos os acessórios estão totalmente submersos na água fervente evitando assim bolhas de ar que comprometerão a esterilização;
- Garantir que a panela tem sempre um nível de água que cubra os apetrechos;
- Deixar a panela sempre tapada;
- Os acessórios de latex/silicone/vidro têm diferentes tempos de esterilização que deverão ser respeitados.
- Os acessórios deverão ser sempre esterilizados antes da sua utilização.

Dica 1: poderá iniciar o processo de fervura com os biberões e 4 minutos antes do final introduzir os acessórios de latex/silicone. Após a nova fervura, contar 3 minutos. Poderá então removê-los com o auxílio de uma pinça.
Dica 2: se o seu bébé gosta de tetinas/chupetas de latex mas rejeita-as enquanto estão novas, isso tem a ver com o gosto que este material possui enquanto novo. Para o eliminar rapidamente, realize a 1ª esterilização em leite fervente deixando-os submersos durante 3 minutos. O gosto da borracha desaparecerá e a chupeta velha também ;-)

Dra. Solange Burri
Consultora em Alimentação

Leia também:
A esterilização por fervura é segura?

Introduza o seu email:


6 comentários:

  1. As únicas coisas que fervo são os componentes da bomba de tirar leite e os copos onde guardo o leite materbo.

    No entanto, talvez por morar numa zona com a água com muito calcário, quando acaba a fervura a os objectos secam (fora da água!)e ficam muito baços, com um género de película esbranquiçada. Se passarmos o dedo a película desfaz-se.

    Não fará mal? Será que faço alguma coisa mal e que faz com que isto aconteça?

    Muito obrigada

    ResponderEliminar
  2. Olá Sofia
    Obrg pelo seu comentário.
    De facto, essa película é mesmo devido ao excesso de calcário que a água utilizada possui.
    Sugiro-lhe que limpe bem os acessórios esterilizados, com um pano seco, antes de os utilizar.
    Recomendo sim que não reconstitua papas ou leite de formula com essa água, ainda que fervida. Prefira água mineral pouco mineralizada. As águas calcárias podem interagir com as formulas alimentares e provocar alguns episódios de obstipação intestinal no bebé.
    Espero ter ajudado.
    Bjs e ...fique por perto !
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  3. Se este "procedimento deve ser inteiramente respeitado, essencialmente até aos 6 meses (...), altura em que é favorável principiar o estímulo do seu sistema imunológico face às agressões microbiológicas constantes", significa que a partir dos 6 meses não só posso, como até devo, deixar de esterilizar, correcto?
    Devo então lavar normalmente, tal como faço com a restante loiça que uso para lhe dar os alimentos sólidos?

    Muito obrigada

    ResponderEliminar
  4. Correcto Teresa!
    Se a criança é saudável e tem apresentado um desenvolvimento normal, então sim, deve deixar d eesterilizar, garantindo contudo uma boa higiene de todos os acessórios e tendo o cuidado de os limpar SEMPRE com um pano limpo.
    Espero ter ajudado.
    bjs e obrg pelo comentário!
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  5. Quando refere que para chupetas de borracha se pode realizar a "1ª esterilização em leite fervente"... que tipo de leite? Este método pode ser usado para um bebé ainda amamentado em exclusivo?

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana Neto,
    A ideia seria utilizar leite comercial, meio-gordo ou gordo, apenas para remover o sabor da borracha da chupeta. Depois este acessório teria que ser passado por água, até para evitar proliferação bacteriana.
    Portanto, este método pode ser utilizado para as chupetas destinadas a crianças que façam aleitamento artificial ou amamentação, exclusiva ou parcial.
    Espero ter ajudado.
    bjs e até breve,
    Solange Burri

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!