Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Esterilização de acessórios - Método 4 (Vapor)



Hoje vamos falar do restante modo de esterilizar os acessórios do bébé, e sem dúvida, o mais eficiente: a esterilização a vapor!
Existem essencialmente 4 tipos de esterilização, sendo que cada um deles irá ser abordado separadamente:

O método de esterilização por vapor, de aplicação directa, confia nos jactos de vapor de água para eliminar bactérias e algum vestígio invisível de leite ou outro alimento que tenha ficado mais agarrado.
Após a exímia lavagem prévia, deve ter o cuidado de introduzir os acessórios no interior do aparelho de modo a respeitar a colocação que o fabricante sugere...bem como o nível de água requerido. Só assim é possível conseguir a eficiência total, pois o vapor de água deverá ser em jacto suficiente e directo que penetre no interior dos acessórios como sejam as tetinas e os biberões.
Esta esterilização apresenta algumas vantagens como seja a total inocuidade do objecto esterilizado bem como aumentar a durabilidade dos acessórios do bébé. Tem é o inconveniente de requerer um elevado investimento no aparelho pois o efeito tempo/temperatura/eficácia compensa o gasto de energia posterior. Saiba também que é um método um pouco agressivo, a longo prazo, para os biberões de plástico...por isso, na hora de comprar os acessórios, pense no modo como os esteriliza e se quer mantê-los por muito tempo ou não...
Apesar de este método ser relativamente novo, no âmbito doméstico, saiba que, pela elevada fiabilidade que apresenta, é aquele que se utiliza nos hospitais e laboratórios de Microbiologia, à escala industrial.

Por último gostaria de salientar a importância de DIMINUIR a frequência das esterilizações a partir dos 6 meses de idade, salvo indicações pediátricas pontuais, pois é fundamental após esta idade que as crianças estimulem o seu sistema imunitário...Quanto mais cedo, mais fortes ficarão para o futuro!

Por isso é fundamental fornecermos-lhes as ferramentas vitais para a sua defesa: uma boa alimentação!

Dra. Solange Burri
Consultora em Alimentação


Introduza o seu email:


1 comentário:

  1. Boa tarde,
    gostaria de saber qual o melhor método para secar os biberões e acessórios após a esterelização a vapor. Quando retiro do aparelho os biberões e os acessórios, estes apresentam imensas particulas de água que apenas deixando ao ar não desaparecem.
    Obrigada pela ajuda

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!