Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

RECEITA BEBÉ: Sopa com Gema de Ovo


A introdução da gema de ovo por volta dos 10 meses representa ainda um desafio para as mamãs, pois em geral optam por cozê-la e acrescentar depois à sopa confeccionada, o que nem sempre é do gosto do Bebé... Hoje será explicado como se faz uma excelente sopinha, bem cremosa, com gema de ovo incorporada...Trata-se de um método infalível de dar gema aos filhotes, sem problemas de texturas granuladas, antes pelo contrário...No entanto, porque precisamente se pretende uma textura aveludada garantindo o máximo de segurança microbiológica, alguns cuidados devem ser seguidos para obter a textura aveludada...prestem atenção:


Sopa aveludada de Abobora
(a partir dos 10 meses)

2 batatas médias; 6 pedaços médios de abobora; 1 cebola pequena; 1 gema de ovo; 1 colher de café de azeite/prato

Comece por pôr um pouco de água a ferver.

Entretanto arranje os legumes, corte-os em pedaços e introduza-os na água fervente. Deixe cozer cerca de 15 minutos, em lume tapado. Passe com a varinha mágica.

Deixe apenas na panela a quantidade que pensa dar ao Bebé, reservando a restante.

À parte, bata a gema numa chávena. Adicione então um pouquinho da sopa na chávena onde se encontra a gema batida e misture bem (truque para a gema não granular). Misture bem com a ajuda de um garfo.

Leve novamente a sopa ao lume, em lume brando. Mexendo sempre, vá acrescentando a mistura de gema, mexendo, mexendo...sempre em lume brando.

Quando borbulhar, retire do lume e deite rapidamente no prato onde vai servir. Acrescente o azeite e deixe arrefecer um pouco.

Cuidados a seguir:

1 - Garantir que a gema utilizada provém de um ovo fresco, evitando para este caso, os ovos caseiros;

2 - Como a gema se trata de uma fonte de proteina, e para evitar o seu consumo em excesso, a sopa não deve conter nem carne nem peixe;

3 - Pode ser preparada a partir de qualquer sopa de legumes.

4 - Pode utilizar este método também para açorda de gema.

5 - Pode congelar a sopa que reservou em porções individuais e depois só tem que aquecer previamente e depois acrescentar 1 gema, conforme explicado.

6 - Geralmente recomenda-se 1 gema de ovo por semana.

BOM APETITE, Bebé!



Se pretende adquirir os Menús BabySOL, com planos alimentares, receitas e dicas para toda a semana, nas idades 4/6 meses, 6/8 meses, 8/12 meses ou a partir dos 12meses, para toda a Família, contate-nos!





Leia também:
Receita do Bebé: Açorda de Carne Assada
Alerta: Como comprar carne?
Congelar legumes crús?

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:



Introduza o seu email:




4 comentários:

  1. Olá, obrigada pela sugestão pois eu já introduzi com autorização médica a gema de ovo ao meu bebé de 8m e acho que pode resultar melhor. Uma questão, posso ao adicionar a gema conservar na zona mais fria do frigorífico a sopinha durante 48h? Obrigada MJL

    ResponderEliminar
  2. Olá MJL :-)
    Obrg pelo seu comentário, dúvida e participação!
    Tendo em conta que existe uma elevada susceptibilidade por parte de um bebé tão pequeno+o elevado risco microbiológico que a riqueza nutricional pode promover, não se aconselha que guarde esta sopa, devendo ser consumida no próprio dia da sua confecção.
    Pode sim, guardar sem a gema e acrescentar este constituinte no último momento. Como refere, não se recomenda.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto,
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  3. Olá, Vou começar a introduzir a gema de ovo agora que a minha filha fz nove meses. Será que posso acrescentar a gema cozida na sopa e depois congelar como faço habitualmente com a sopa de carne?

    ResponderEliminar
  4. Olá Susana,
    Obrigada pelo seu comentário e participação neste Blog.
    Sinceramente não me parece boa ideia. Não só pela questão sensorial mas principalmente pelo risco microbiológico associado.
    Aconselho pois a que incorpore a gema apenas no momento do consumo e sem subsequente armazenamento, em frigorífico ou congelador.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto,
    Solange Burri

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!