Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

BEBÉ: Que quantidade de fruta consumir?

Tenho uma Bebé com 10 meses e meio e tinha algumas dúvidas que não esclareci com a pediatra. Gostava de lhe colocar uma pergunta que está relacionada com a quantidade de fruta que aconselha por dia para uma bebé de quase 11 meses - a minha filha neste momento come 1 peça, por vezes peça e meia de fruta ao almoço e outra ao jantar, ao lanche às vezes também come (costumo intercalar com leite e papa, 1 dia leite, outro papa, depois leite e depois fruta...). É muito? Está bem assim? Ela come bananas, maçãs, pêras, meloa (adora), manga, papaia (não gosta muito e dou misturado com bolacha ou banana), uvas, e agora também comecei a dar pêssegos e alperces (tudo cru porque ela já não gosta da cozida - e aos fins-de-semana entre as refeições às vezes dou-lhe pedaços de maçã, ou cenouras para ir "roendo"). Ocorre-me agora outra coisa, que está relacionada, costumo dar-lhe para beber a água onde cozo as maçãs diluída com bastante mais água. Será fruta/açucar a mais?? (Mãmã A., filhota 10 meses).

Acho que é fundamental dar fruta à menina, estimulando assim a sua apetência, e o ideal mesmo é que a dê crua, o que já faz. No entanto, pelo seu teor em frutose, açúcar natural da fruta, este alimento ingerido isoladamente ao organismo porque provoca picos súbitos glicémicos, o que não é favorável. Além de ter um forte poder laxante o que é preciso considerar para além da sua riqueza em fibra que, em excesso, poderá também contribuir para impedir a absorção de minerais como o ferro, cálcio e zinco. Recomendo pois que a fruta nunca seja dada isoladamente mas sim em complemento com outro alimento, como seja, por ex. uma bolacha maria ou de água/sal, um iogurte ou até mesmo um pouco de pão ou leite. Pode dar sumo de maçã cozida, diluído como já faz é o ideal, mas faça para que nunca se perca a apetência pela água como bebida neutra e saudável. E dê preferencialmente fora das refeições.

Lembre-se que deverá ter sempre em conta uma alimentação variada e equilibrada, evitando excessos de determinados alimentos em detrimento de outros, ainda que sejam os mais saudáveis. É fundamental, sobretudo nestas idades, que o aporte energético seja assegurado por todos os diferentes nutrientes (proteínas, hidratos de carbono, lípidos)...

E agora peço o seu comentário: está a assegurar na dieta infantil a ingestão frequente de fruta crua, a seguir às refeições?

Dra. Solange Burri
Consultora em Alimentação

Leia também:
Como evitar a oxidação da fruta?
Iogurte: o que devo saber?
A fruta: antes ou depois das refeições?
Como convencer a ingestão de fruta crua?

Siga BabySol® nas Redes Sociais:





Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:

3 comentários:

  1. Bom Dia, Drª Solange!
    Esta é uma dúvida corrente nas mamãs que conheço, e já agora, gostaria de saber, para crianças mais velhas (a partir de 3 anos e a partir dos 6) que quantidade de fruta seria ideal?
    Obrigada!
    Vera

    ResponderEliminar
  2. Ola Vera!
    Obrg pela sua participaçao!
    Tendo em conta a elevada, e desfavoravel, ingestao de alimentos industrializados e a necessidade de fortalecer o sistema imunitario das crianças, eu recomendo, cerca de 3 peças de fruta por dia, sendo que 2 delas deveriam ser ingeridas depois das refeiçoes, para rentabilizar absorçao do ferro, mas salvo casos de sobrepeso, ou obesidade, em que a fruta se deve ingerir antes.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto,
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  3. Obrigada mais uma vez!
    É sempre bom termos estas linhas orientadoras para tentarmos uma alimentação equilibrada para os nossos pequeninos :)
    Vera

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!