Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

sábado, 1 de novembro de 2008

ALERTA: Como re-aquecer a sopa do Bebé?

Gostaria de ver respondida uma dúvida. É possível reaquecer uma sopa? Ou seja: Normalmente faço uma certa quantidade de sopa e depois parte dela é colocada em embalagens individuais no frigorífico. Quando é necessário, vou buscar essa sopa aqueço-a e sirvo-a ao bebé (9 meses); acontece, porém, que por vezes o sono começa a "pesar" e a bebé recusa-se a comer a sopa e acabo por ter de lhe dar um biberão de leite e deitá-la. Até agora tenho deitado fora a sopa que não chegou a comer, pois parece-me o mais indicado. Mas por outro lado custa-me deitar fora comida. É prejudicial voltar a aquecer essa sopa que o bebé não chegou a comer? (Mãmã C., bebé 9 meses).
Esta situação é muito frequente acontecer na alimentação de crianças pequenas, porque nem sempre é possível dar-lhes a quantidade de alimento preparada para elas. Por outro lado, o apelo aos momentos de crise que atravessámos fazem-nos poderar a possibilidade de guardar o alimento aquecido para mais tarde, correndo por vezes riscos desnecessários de insegurança alimentar, nomeadamente riscos microbiológicos e nutricionais.
Outra questão importante que é preciso considerar, nesta sua dúvida, é que as crianças são um grupo muito susceptível, pelo que todos os cuidados devem ser redobrados para minimizar os riscos, ainda que baixos, de intoxicação alimentar. No entanto, este risco varia em função do alimento em causa.
No caso da sopa, e ainda que não seja dos alimentos cozinhados mais criticos, eu aconselho-a a não voltar a dar ao bébé, por 2 razões:
- Porque possuímos, naturalmente, na boca, bactérias e estas passaram para a sopa assim que o bébé começou a comer;
- Porque um arrefecimento seguido de re-aquecimento implica uma perda nutricional que não podemos controlar e que devemos respeitar, dado que as crianças comem apenas determinados alimentos. É pois importante que garantamos que esses alimentos estão no auge da sua composição nutricional, dentro do que é possível esperar de um alimento cozinhado.
Assim, aquilo que lhe posso aconselhar é:
- A mãmã ou o papá comer o resto da sopa que falta;
- Aquecer a quantidade que quer dar, reservar um pouco e colocar no prato a parte restante. Se tiver que rejeitar, rejeite apenas aquela parte que entrou em contacto com a colher.
Ferva a sopa para retomar a textura, após a descongelação.

Consultora em Alimentação

Leia também estes artigos:
Sopa do Bebé com batata...sempre?
Sopa do Bebé...quando mudar as texturas?
Micro-ondas: Como cozer legumes a vapor?
Panela de Pressão: Como fazer a sopinha do Bebé?
Armazenar a sopa no frigorífico...


Receba as actualizações do Portal BabySOL® :

Introduza o seu email:




2 comentários:

  1. E no caso de uma sopa que ficou no frigorífico? É necessário fervê-la também?

    ResponderEliminar
  2. Olá :-)
    Obrigada pelo comentário!
    Se pensarmos que:
    - Se a criança é muito pequena então a vulnerabilidade à doença é maior;
    - A frescura dos alimentos utilizados na sopa compromete a qualidade final deste prato;
    - O risco de contaminação microbiológica, no frigorífico, depende de: a) recipiente utilizado, b) forma de arrefecimento (esteve ao ar?), c) recipiente bem fechado durante o armazenamento no frio, d) tempo de refrigeração e e) inocuidade do ar que circula dentro do aparelho (depende de limpeza e se outros alimentos estão ao ar, no seu interior ENTÃO...
    - è melhor ferver, sim!

    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto,

    Solange Burri

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!