Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

sábado, 4 de abril de 2009

Intolerância ao leite e a amamentação...

O meu filho tem 5 meses e meio e é alimentado em exclusivo pela maminha da mãe. Acontece que os 6 meses estão a chegar e a introdução de sólidos passa a ser necessária. Vou começar por introduzir a sopa (batata, cebola, alface??), a fruta cozida (maça ou pêra) e a papa não láctea da marca Holle. Posso introduzir tudo logo na 1ª semana? Em relação aos iogurtes: posso dar-lhe iogurte de ovelha ou de cabra? A partir de que mês? Eu costumo comer estes iogurtes, são biológicos, e costumo beber leite de cabra (marca President) porque tenho intolerância de grau 1 ao leite de vaca (Mamã A., filhota 5 meses)

Começando pelo fim...Se a mamã é intolerante grau 1 ao leite de vaca, então:

- Existe uma enorme probabilidade de o filhote ser/vir a ser;

- Pelo leite materno, o bebé nunca foi exposto ao leite de vaca e portanto deve requer especial cuidado nesse sentido.

Assim sendo, e tendo em conta estes 2 aspectos fundamentais, deve privilegiar o mais tempo possível a amamentação. E saiba que deverá sempre dar o leite materno em 1º lugar para complementar a alimentação sólida e não o contrário. E que deve dar os alimentos novos separadamente e analisar durante 2-3 dias se há qualquer reacção de intolerância. Comece com a sopa, cremes muito simples (de cenoura, de abobora, de courgete e depois com alface) e só depois de "aprovados", passe para a fruta. E de preferência crua, pêra ou banana bem madurinha.

Relativamente aos iogurtes, ainda é um pouco cedo sobretudo porque o bebé ainda não desenvolveu o paladar para novos sabores e muito menos para o sabor ácido. Assim, penso que deve aguardar pelos 8-9 meses. Sugiro que experimente nessa altura, os iogurtes de transição. Em pequena quantidade e com o aval do pediatra. E só mais tarde os de cabra ou ovelha. O facto destes iogurtes serem biológicos, torna-os mais "puros" mas talvez de digestão mais dificil. Além disso, tenho ideia, mas posso estar errada, que as proteínas do leite de cabra ou ovelha são mais complexas, exigindo uma maturidade intestinal superior.
Consultora em Alimentação

Leia também estes artigos:
A diversificação alimentar em paralelo com a amamentação
Siga BabySol® nas Redes Sociais:




Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:


Introduza o seu email:


Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!