Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Receitas do Bebé - Sopinha de Espinafres

Os espinafres, pelo facto de acumularem maior quantidade de nitratos, naturalmente presentes no solo, são ainda capazes de impedir a absorção do ferro, se deixados na sopa de um dia para o outro. Tenho pois constatado algumas dúvidas neste sentido...por isso hoje vou então explicar como fazer esta sopinha ...

Sopa de Espinafres
(a partir dos 10-12 meses)

200 g de batata; 1 cenoura; 1 cebola média; 8 folhas de espinafre;
1 dente de alho; 1 colher (café) azeite/prato; 1 raminho de salsa ou de coentros.


1 - Começar por colocar um pouco de água a ferver. (Se pretende juntar carne deve cozer nesta fase e só depois juntar os legumes, na mesma água);

2 - Entretanto preparar os legumes e cortá-los em pedaços. Introduzi-los na água a ferver à excepção dos espinafres, que deve cozer à parte, num pouco de água também. Deixe ferver, reduza o lume e conte 20 minutos em lume tapado para os vegetais e 10 minutos para os espinafres. A erva aromática deve apenas juntar aos legumes alguns minutos antes de estar tudo cozido;

3 - Passe a sopa. Coe os espinafres mas reserve um pouco da sua água. Para um copo fundo, separe a quantidade de sopa que vai servir nessa refeições. Junte os espinafres, um pouco da sua água e o azeite, passe com a varinha mágica;

4 - Deixe arrefecer um pouco e sirva;

5 - Guarde o creme de batata no frigorífico durante um período máximo de 2 dias ou 2 meses no congelador, devidamente etiquetado. E coza sempre os espinafres apenas antes da refeição em que vai dar esta sopa.

Bom Apetite Bebé!

A pedido de várias Mamãs, disponibilizo um ficheiro com o compacto das Receitas BabySol, publicadas neste Blog: aqui.

Leia também:

Bases de Sopa para o Bebé

Como confeccionar a sopa do bebé?

Plano alimentar 8/12 meses
Plano alimentar 12 meses em diante

Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


8 comentários:

  1. Esta questão dos nitratos era de facto uma dúvida que tinha também, devido a um artigo que saiu na Deco recentemente.

    Devem estes legumes ser comprados ultra-congelados (têm menor quantidade de nitratos) ou frescos?
    E em relação à alface, o que fazer?

    Obrigada, bj

    ResponderEliminar
  2. Na sequência do comentário anterior... como fazer com os espinafres congelados que vêm num bloco demasiado grande para uma só sopa (pelo menos os da Iglo...)?

    ResponderEliminar
  3. Olá
    Parece-me estranho que o teor químico de nitratos se perca durante a congelação, aliás sendo uma substância intrínseca no alimento, e sabendo-se que o processo de congelação+descongelação implica perda de água do alimento, então parece-me que o seu teor fica concentrado. A minha sensibilidade técnica diz-me isto. O que posso tb adiantar é que os antioxidantes presentes nos vegetais são excelentes para combater as nitrosaminas quando formadas pelo organismo, em determinadas condições de presença de nitratos. Portanto, parece-me importante BEM: ou frescos, biológicos, recém colhidos ou ultracongelados, cuja qualidade nutricional é por vezes superior.
    Ana, relativamente à sua questão, tem 2 opções:
    - Ou corta, com uma boa faca, o bloco grande (congelado) de espinafres e usa a porção que pretende;
    - Ou utiliza todo o bloco, cozendo-o à parte, em que uma pequena parte usa na sopa, e outra parte, salteia, por exemplo, com azeite e alho e serve de acompanhamento.
    O problema da formação do ácido oxálico refere-se em solução, ou seja, quando o espinafre está num líquido, neste caso, na base da sopa. Se for salteado, já não como formar-se...percebe?
    Espero ter ajudado. Há coisas um bocadinho de explicar por escrito ;;)
    Obrigada pelos vossos comentários!
    Fiquem por perto!
    babySol

    ResponderEliminar
  4. Os espinafres são complicados :P
    Li algures, não sei se foi aqui, que os legumes de folha não devem ser congelados e aconselharam-me a mergulhar por momentos esses legumes em água a ferver para assim os poder congelar em porções para a sopa. É assim que tenho feito com os espinafres que uma amiga me dá com frequência e que, dada a quantidade, não consigo consumir frescos. Estou a fazer bem

    ResponderEliminar
  5. Olá Caracoleta
    Fico contente pelos conselhos BabySol entrarem no ouvido :-)), sim foi aqui que se falou disso:
    http://solangeburri.blogspot.com/2008/03/dvidas-de-mms_29.html
    Deves, é depois de retirá-los da água quente, passá-los rapidamente por água fria.
    Obrigada pelo comentário e até breve,
    BabySol

    ResponderEliminar
  6. Faltou passar por água fria mas da próxima vez já não me esqueço! :P
    Obrigada pelos conselhos tão úteis!!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Olá Solange,
    Em relação aos nitratos dos espinafres, no artigo da Deco aconselhavam também a deitar fora a água da cozedura deste legume.
    Devemos fazê-lo por os nitratos passarem para a água, e assim reduzir a quantidade dada ao bebé?

    Obrigada, bj,
    Sónia Oliveira mamã da Marta

    ResponderEliminar
  8. Olá Sónia
    Bem, isto da segurança alimentar não é fácil...mesmo!
    Eu explico:
    - Os nitratos existem naturalmente nos solos e não são tóxicos para o Homem;
    - As nitrosaminas formam-se no intestino do Homem a partir dos nitratos. São as bactérias da flora intestinal madura que executam esta transformação;
    - A flora intestinal está em desenvolvimento até aos 3 anos de idade, razão pela qual, no meu ponto de vista, não será capaz de produzir nitrosaminas no organismo do bebé...
    - A água da cozedura contém vitaminas e sais minerais libertados...
    Bem, mas por uma questão de precaução, acho que:
    - Se pode cozer os espinafres, a vapor, ou com mta pouca água, no microondas;
    - Ao garantir um processamento culinário que assegure a mínima perda vitaminica, desperdiça-se a água.
    Parece-me a melhor solução!
    Bjs e obrg pelo teu comentário :-)
    Solange

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!