Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

ALERTA: A importância do Ferro na Alimentação Infantil

Um dos conselhos mais badalados no Blog BabySOL® será, sem dúvida, a importância de rentabilizar a absorção do ferro na alimentação infantil mas...ocorreu-me hoje que talvez ainda não se tenha percepcionado bem para que, afinal, este precioso mineral serve?
Por isso, cá estou eu a escrever-vos mais um artigo BabySol®, esperando que a partir de hoje nenhuma Mamã faça do iogurte à sobremesa, uma rotina...Vamos ver porquê...

O ferro é um mineral vital para o bom funcionamento do nosso organismo pois desempenha uma série de funções essenciais:

- Actua na síntese de glóbulos vermelhos, papel primordial complementar com o sistema imunitário, sempre que as agressões por microrganismos, ou outros invasores, destroem estas células do sangue;

- Transporta o oxigénio para as células de todo o corpo, conferindo vitalidade ao organismo;

- Actua na transformação do betacaroteno em vitamina A, importante para o desenvolvimento do sistema nervoso central e ocular também;

Contudo, o ferro que se encontra presente em grande parte dos alimentos, de origem animal (ferro hémico) e vegetal também (ferro não-hémico - ainda mais díficil de ser absorvido), é de extrema díficil absorção no organismo pelo que se deve recorrer a interessantes estratégias alimentares que permitam, através da combinação de alguns alimentos, favorecer a sua absorção. Deste modo, o mineral poderá também ser armazenado no fígado e ser utilizado sempre que surja uma situação de alerta.


Episódios de anemia são a causa mais frequente de falta de ferro no organismo em que o seu aporte insuficiente ou uma assimilação deficiente de vitamina B12 (directamente envolvida no mecanismo de absorção do ferro) que pode também estar na origem deste distúrbio. Mesmo quando se determina que a anemia é causada pela falta de ferro, é necessário encontrar as razões dessa carência para escolher o melhor tratamento.

Existem pois algumas razões para a carência deste mineral no organismo:
- Alimentação deficiente em ferro: como acontece em pessoas que seguem uma dieta vegetariana ou vegan, privando o organismo de alimentos ricos em ferro, como os de origem animal;

- Assimilação deficiente do ferro, que pode ocorrer, por exemplo, em indivíduos com doença celíaca ou outras doenças que dificultam o correcto funcionamento do intestino;

- Necessidade acrescida de ferro: especial em alguns grupos de pessoas como as crianças, as mulheres com menstruação, grávidas e mamã que amamenta. No caso particular da necessidade infantil, relaciona-se não só com a sua imaturação imunitária mas também com a sua elevada taxa de crescimento;

- Perdas de sangue significativas, o que ocorrer em casos de doença, acidente, toma de medicação anti-inflamatória e, claro está, em menstruações intensas que algumas mulheres manifestam.

O ferro hémico, de absorção mais fácil, existe na carne e peixe, na gema do ovo, nas miudezas, nos cereais enquanto o ferro não-hémico, de absorção mais difícil, apresenta-se nas leguminosas, nos espinafres, nos bróculos, sobretudo em legumes de folha verde escura. Curiosamente a forma de facilitar a absorção do ferro não-hémico (vegetais) é conjugá-lo com o ferro hémico. Por isso, vos digo sempre o quanto é importante a sopa com proteína animal, para o Bebé...seguida da fruta crua, que dispara com as probabilidades de rentabilizar o ferro dessa refeição.

Uma alimentação equilibrada fornece o ferro necessário para o dia-a-dia. No entanto, há que ter favorecer, como já foi dito, certas associações de alimentos. Lembrem-se que a fruta crua e o tomate, ricos em vitamina C, favorecem a absorção de ferro, mas que a cafeína e o cálcio prejudicam a sua absorção. Por isso, produtos lacteos (iogurtes, cremes, gelados) à sobremesa, só em casos muito raros...já para não falar no aporte de açucar...
E porque somos fantásticas ;-)) a Natureza brindou-nos com um privilégio excepcional: podermos oferecer o leitinho materno em paralelo com a alimentação complementar...E sabem porquê? Porque a maminha leva vitamina B12 que ajuda a fixar o ferro e portanto é o único caso onde entra o leite em parceria com outros alimentos que veiculam o ferro.
Portanto, a partir de agora vamos trabalhar este mineral para aumentar a robustez das nossas crianças e deixá-las pois sujarem-se, sujarem-se muitooooooooooooooo!

Consultora em Alimentação

E agora eu pergunto: Mamã tem feito atenção À SUA ingestão diária de ferro, reforçando a alimentação naqueles difíceis dias do mês...hum?

Leia também:
A amamentação versus a alimentação complementar


Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email



Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


BannerFans.com

4 comentários:

  1. Olá Solange,
    Ainda não é claro para mim em que altura do dia se pode/deve então dar um iogurte ao bebé, para o cálcio não afectar a absorção de ferro?
    Obrigada, bj,
    Sónia Oliveira mamã da Marta

    ResponderEliminar
  2. Olá
    Hoje estava a organizar o blog e detectámos esta questão, imagino que tenha sido uma falha técnica do sistema...sorry!
    O iogurte deve ser dado sempre fora das refeições principais, ou seja, dar a meio da manhã e a meio da tarde.
    Espero ter ajudado.
    Obrg pelo comentário.
    bjs e fique por perto!
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  3. Adorei seu Blog, Drª Solange, mas gostaria de saber se de vez enquando esta fruta pode ser dada em forma de suco, como no caso o de laranja e tangirina?

    ResponderEliminar
  4. Sim, claro!
    E nao apenas de vez em quando, mas sempre!
    Dar fruta rica em vitamina C (ex. citrinos, kiwi, frutos vermelhos) ajudar a a fixar o ferro ingerido nessa refeiçao.
    O tomate em paralelo com a comida tem igual efeito!
    Deve apenas ter o cuidado de cortar apenas na hora de servir.
    Espero ter ajudado.
    bjs e fique por perto!

    Solange Burri

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!