Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ALERTA: Sair de casa com alimentos para o Bebé


Numa altura em que se realizam algumas viagens, e ainda que a altura do ano não seja tão crítica pelo frio que faz, entendo hoje por bem falar do transporte da comidinha do Bebé, seja em férias, para ir ao restaurante e até mesmo para implementar na ida para a creche, para a ama ou para os avós...

Sobretudo nas faixas etárias até aos 12 meses, são várias as ocasiões em que a Mamã se preocupa em assegurar, fora de casa, que o seu Bebé realize a alimentação a que está habituado. Não só porque reconhece a especificidade das recomendações pediátricas que lhe foram transmitidas mas também porque receia que o filhote estranhe comida de fora ou até que a Mamã não consiga encontrá-la em condições semelhantes, como é o caso, infelizmente, nas creches e porque não restaurantes e Hóteis.

Assim, objectivamente, gostaria de focar hoje alguns cuidados essenciais no transporte de alimentos para o Bebé quando se pretende assegurar a sua alimentação própria, fora de casa. Lembro apenas que estes conselhos se destinam a ser aplicados no quotidiano e não no transporte de férias, sobretudo viagens longas que merecem outro tipo de precauções.


Tomem nota:

Leite: este alimento, altamente proteico, é preferencial para as bactérias, por isso deve ter o máximo cuidado no seu transporte para evitar entradas de ar que o possam contaminar e prejudicar o Bebé ainda que, aparentemente, nada se note. Além disso, se existir no leite desidratado alguma quantidade residual de bactérias, algumas estirpes até com potencial risco para a saúde do bebé, estas se forem sujeitas a temperaturas médias, e por períodos de tempo superiores a 2 horas, poderão trazer sérias consequências para a saúde do bebé. O leite materno deve ser transportado no biberão esterilizado e acondicionado com placas de gelo bem encostadas enquanto o leite de fórmula nunca deve ser preparado com antecedência. Lembro que o leite materno possui componentes anti-bacterianos e portanto com uma privilegiada protecção natural, o mesmo não acontecendo com o leite em pó. Assim, transporte água quente numa termos e a medida de leite à parte, preparando pouco antes de servir. O leite de vaca deve ser sempre transportado na embalagem original, preferencialmente do tamanho pequeno (200 ml).

Iogurtes: apesar de mais ácidos que o leite, são igualmente de natureza proteica. Por isso, evite a todo o custo as contaminações que entradas de ar possam permitir. Transporte sempre fechados, acondicionados em mala térmica, igualmente com placa térmica. Lembro, por outro lado, que o iogurte tratando-se de um alimento "vivo" deve sofrer o mínimo de oscilações de temperatura para manter, o mais possível, a integridade das bactérias lácticas que ajudam o intestino do Bebé e favorecem também o seu sistema imunitário.

Fruta: como já tenho insistido várias vezes, deve-se insistir no consumo de fruta crua. Mas esta ideia fica completamente arruinada se a Mamã resolve prepará-la antes de sair de casa pois 10 minutos depois perderam-se já vitaminas e também sabor, levando o Bebé a rejeitá-la. Transporte fruta madurinha, inteira e migue-a muito bem na hora de servir ou então transporte a variedade cozida, assegurando a porção crua na próxima refeição em casa. Prepare em casa fruta cozida e congele, em recipientes próprios, durante 2 meses. Transporte congelada pois depressa descongela. Em alternativa, poderá comprar a variedade comercial, 100% FRUTA, embalada a vácuo e de fácil transporte.

Sopa ou Comida sólida: se sabe que o Bebé não vai consumir este alimento nas próximas 2 horas então NUNCA transporte este alimento quente, pronto a comer. NUNCA. Além do risco microbiológico que a temperatura mediana possa favorecer, todo o alimento altera a sua integridade nutricional e igualmente o sabor que cansa o Bebé, sobretudo tratando-se de situações que acontecem repetidamente. Transporte pois num recipiente hermeticamente fechado e bem acondicionado com placas térmicas, também.

Por último gostaria de referir que estas medidas são realmente importantes especialmente porque o Bebé é das criaturas mais sensíveis à face da Terra... Muitas vezes as Mamãs reportam diarreias, atribuindo-lhes inexplicáveis, e pontuais, episódios de alergias mas...cá por mim, acredito que, por vezes, a culpa seja mesmo das meninas bactérias... Pensem nisso, sim?

Consultora em Alimentação


Leia também:

Siga BabySol® nas Redes Sociais:




Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:


Introduza o seu email:


4 comentários:

  1. Olá Dra.

    Queria perguntar lhe se eu quiser levar uma refeicao (de sopa) de casa posso leva la congelada e pedir num restaurante para aquecer(se os pais forem comer fora)?

    ResponderEliminar
  2. Sim, sim, sim, sim! Excelente ideia que afasta qualquer risco microbiológico. Tenha apenas o cuidado de salvaguardar sempre o recipiente que utiliza, que seja adequado para microondas (melhor sugestão: pequeno recipiente de pirex com tampa de plastico). Pois se existir este electrodomestico no restaurante é melhor utilizá-lo do que andar a transferir a comida do bebé para outros recipientes, cuja higiene não é conhecida e, infelizmente, pode não ser a melhor...
    Combinado?
    bjs e obrg pelo comentário!
    Solange Burri

    ResponderEliminar
  3. Dra. Solange, quando o meu filhote éra pequeno eu levava sempre um potinho de sopa(caseira)congelada e depois pedia sempre para descongelar em banho maria ou no microndas(levava sempre um adequado)nunca deixei que colocassem em outros recipientes.
    depois de tudo comidinho pedia para passar por agua quente punha embrulhado na malinha. A fruta levava sempre com casca e éra só descascar e dar.

    ResponderEliminar
  4. Excelente ajuda... mesmo para uma mãe de 2ª viagem. Obrigada e bjs

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!