Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Que peixe comprar para a Bebé?


Tenho uma bebé com quase 17 meses e um dos cuidados que tenho na alimentação dela é relativamente ao peixe que lhe dou. Aliás, foi graças a isso que descobri o seu blog, pois foi dos poucos sítios onde encontrei a falar sobre os peixes de profundidade, cujo consumo é desanconselhado que a pediatra da minha filha.
Nesse sentido eu vinha pedir-lhe sugestões... Como tenho alguma dificuldade em comprar peixe fresco, recorro ao congelado e normalmente a Joana come pescada, maruca, abrótea, tamboril e salmão. Mas queria saber que mais lhe posso dar? Eu sei que o robalo e a dourada sao hipóteses mas como é vendido inteiro não é tão prático como comprar às postas ou em lombinhos.Que mais peixe congelado lhe posso comprar? É muito mau dar-lhe apenas peixe congelado? Outra questão... Quantas vezes por semana é conveniente comer salmão? Eu sei que nós, adultos, nao devemos abusar mas nao sei se o mesmo se aplica aos bebés (Mamã Mónica, filhota 17 meses
)
.

Relativamente à sua questão, gostaria de dizer o seguinte:
1º É sempre preferível comer mais peixe e menos carne, pela menor quantidade de gordura que o peixe apresenta e pela sua elevada qualidade, rica em ácidos gordos essenciais como o omega 3 e 6.
2º Os peixes gordos são os mais ricos em ácidos gordos omega 3 e 6, contudo porque se tratam de peixes mais ricos em gordura são desaconselhados em crianças com idade inferior a 12 meses. De igual modo, pelo seu elevado teor em gordura, opte por métodos culinários com baixa adição de gordura e que extraia alguma também, como os grelhados:
3º Uma vez que a sua filhota já tem 17 meses e assumindo que tem a preocupação de apresentar-lhe uma alimentação variada e equilibrada, parece-me sensato que ofereça salmão cerca de 1 vez por semana. Curiosamente, este peixe, à semelhança da cenoura e da abóbora, também é rico em betacaroteno que no organismo se transforma em vitamina A, ideal para o desenvolvimento do sistema nervoso;
4º De acordo com o ponto 3, saiba que nesta idade, e confirmando sempre com o pediatra, poderá oferecer uma qualidade mais significativa de peixe como solha, abrotea, tamboril, espadarte, tintureira, etc. Encontra facilmente estes peixes, cortados à posta, e ultra-congelados.
5º O peixe ultra-congelado, e atenção que não falo do congelado, falo do ultra-congelado, é de excelente qualidade dado ter sido embalado ainda muito fresco, o que permite tb assegurar uma maior qualidade microbiológica. Prefira marcas conhecidas podendo até recorrer às marcas brancas que são, no geral, muito confiáveis.
Saliento ainda que, o peixe de grande porte, como o atum e o espadarte, por exemplo, são aqueles que poderão ter acumulado metais pesados ao longo do seu ciclo de vida e cujos sintomas, quase sempre, não existem a curto ou médio prazo, verificando-se apenas a sua acumulação no organismo. Assim, e apesar de se sugerir sempre uma alimentação muito equilibrada, com todo o tipo de alimentos e, neste caso, de variedades de peixe, é sempre mais favorável optar pelo peixe de pequeno porte.

Gostaria ainda de chamar a atenção para um pequeno/grande pormenor que faz toda a diferença, quando se fala em segurança microbiológica do peixe: sempre que, em algum local, encontrem o peixe apresentado como se vê na foto, com legumes, saibam que isso evidencia MÁS práticas de higiene do comerciante envolvido, ou sua negligência, que também é desfavorável! NUNCA os legumes devem ser colocados junto de carne ou peixe crú, o que permite a contaminação cruzada, conferindo a transferência de bactérias patogénicas provenientes do solo (Listeria spp., Clostridium spp.), que encontram nestes alimentos proteicos uma forte oportunidade para se desenvolveram, colocando assim em risco a segurança do consumidor. Olho aberto em restaurantes e talhos...Combinado?

Dra. Solange Burri
Consultora em Alimentação

Leia também:


Sigam BabySol® nas Redes Sociais:



Email

Receba as actualizações do Portal BabySOL®:

Introduza o seu email:


2 comentários:

  1. Adoro este Blog, já para nao falar na Drª Solange! Obrigada por tudo !

    ResponderEliminar
  2. Obrigada por este carinhoso comentário! Adoro quando reconhecem o meu empenho e... o demonstram!
    Bjs e fique por perto! Miminho sabe sempre bem
    ;-)

    Solange

    ResponderEliminar

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!