Tem dúvidas de como deve organizar a alimentação em casa?
Este é um espaço virtual focado na qualidade alimentar que a família deve praticar em casa, nas compras, na creche, na escola, no trabalho.
Aqui encontrará excelentes conselhos de Nutrição e também de Segurança Alimentar a seguir pelo consumidor para si e sobretudo para as suas crianças!

sexta-feira, 23 de março de 2012

Esterilização de acessórios a vapor - método novo!




Fundamentalmente, durante os primeiros meses de vida do Bebé, deve-se assegurar a esterilização dos materiais que entram em contacto, directo ou indirecto, com a sua boca. Na Mycook, e com toda a confiança e eficiência da esterilização a vapor, poderá esterilizar biberões, tetinas, chupetas, etc. Assim, poupa tempo, espaço e dinheiro!



Esterilização de Biberões e acessórios do Bebé




O que necessita:


1 Litro de água


Acessórios para esterilizar (biberões, chupetas, tetinas, bicos de silicone, acessórios de máquinas de extração de leite materno, etc.)


1 – Assegure que todo o material que deseja esterilizar se encontra muito bem lavado. Deverá enxaguar abundantemente para remover quaisquer resíduos de detergentes.


2 - No interior do jarro, deite a água até atingir a marca de 1 litro, visível no interior do aparelho;


3 – No cesto de vapor maior, coloque todos os recipientes e acessórios de vidro e plástico que deseja esterilizar. Verifique que não ficam muito apertados para não comprometer a eficácia da esterilização. Caso isso aconteça, reduza o número de recipientes e faça outro ciclo de esterilização, depois deste concluído;


4 – No cesto de vapor mais pequeno, coloque todos os recipientes de borracha e silicone;


5 – Feche a Mycook, programe 25 minutos, 120 ºC, na velocidade 3.


6 – Quando terminar a esterilização, mantenha o cesto fechado até arrefecer um pouco. Depois, e com as mãos lavadas, remova os utensílios e monte os biberões. Poderá guardar os demais acessórios dentro de um receptáculo fechado que use para esse efeito.



Vantagem:



A esterilização a vapor é conhecida, por entre todos os métodos aplicados (vapor, fervura, químico ou por micro-ondas) como aquele que oferece uma maior eficiência de esterilização face à penetrabilidade homogénea do vapor por entre os materiais. Além disso, a acção elevada da temperatura, ao realizar-se por calor húmido (vapor), protege a durabilidade dos acessórios esterilizados.



Dicas:


* Poderá também esterilizar os frascos que utiliza para armazenar as suas compotas e geleias!


* Salvo outras recomendações pediátricas, só é recomendável esterilizar os biberões até aos 6 meses de vida da criança e para que também estimule as suas próprias defesas imunitárias. Contudo até aos 2 anos, e em casos gerais, recomenda-se que se efetue uma higienização aos acessórios do biberão e chupetas, realizando uma esterilização, cerca de 1 vez por semana.



E você... como esteriliza os acessórios do seu bebé? Que limitações encontra? Deixe o seu comentário e enriqueça este blog.












Consultora em Alimentação em Escolas e Infantários


Mestrado na área da Nutrição Infantil)


Leia também:










Siga BabySol® nas Redes Sociais:




Email



Receba as actualizações do Portal BabySOL®:






Introduza o seu email:





Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente este Blog.
A sua participação irá enriquecê-lo e promover novos conteúdos. Obrigada e...fique por perto!